Peyton Manning, uma lenda da NFL

História

Peyton Manning Williams, ou apenas Peyton Manning, nasceu em 24 de março de 1976. Jogou no Indianapolis Colts por 14 temporadas, entre 1998 e 2011, e depois disso, jogou com o  Denver Broncos por quatro temporadas, de 2012 a 2015. Manning venceu duas vezes o Super Bowl. Sendo o único quarterback da história a inciar e vencer um Super Bowl por duas franquias diferentes. Ele é filho do ex-quarterback da NFL Archie Manning e irmão mais velho de Eli Manning, quarterback do New York Giants.

Manning, e suas marcas:

Manning é o primeiro e único quarterback para alcançar 200 vitórias na carreira contanto temporada regular e pós-temporada.

Seus cinco prêmios de MVP da NFL são um recorde da Liga.

Foi 14 vezes indicado para o Pro Bowl

Tem 4.000 jardas de passe, recorde da NFL

É o número 1 da NFL em jardas. Foram 71.940, e 539 passes para touchdown.

O Primeiro Super Bowl:

Completando 25 de 38 passes para 247 jardas com um touchdown e uma interceptação, Manning levou os Colts a uma vitória por 29-17 sobre o Chicago Bears no Super Bowl XLI e foi eleito o MVP do Super Bowl. Manning, que tinha sido criticado por não conseguir vencer grandes jogos, calou a boca de todos com a vitória.

Esse título, rompeu o jejum de 36 anos sem títulos de Super Bowl dos Colts. O segundo troféu da franquia foi muito comemorado, o que fez de Manning um “semi-deus”.

Pelo Indianapolis Colts deu a vida, por ele deu a saída.

Em maio de 2011, ele passou por uma cirurgia no pescoço para aliviar a dor. Manning tinha a esperança de jogar na temporada de 2011, mas em setembro do mesmo ano, ele passou por uma segunda, e muito mais grave cirurgia. Manning nunca tinha perdido um jogo da NFL em sua carreira, mas foi forçado a perder toda a temporada . Em março de 2012, ele foi libertado pelos Colts. Logo após isso, ele assinou com os Broncos, onde ele veio a aposentar.

O Denver Broncos

Na franquia de Denver, vinheram muitos Super Bowls. Mas, No Super Bowl XLVIII, em especívfico, os Broncos de Manning perderam para os  Seahawks por um placar de 43-8. Manning veio para o jogo como a estrela, seu time, favoritíssimo para levar a taça, frente a um Seahawks de Russell Wilson, que era fã de Manning.

O primeiro, e em minha opinião principal lance, foi quando  Manning deu um passo à frente para chamar a jogada. Mas o quarterback cochilou, e no centro, Manny Ramirez foi voando para cima da cabeça de Manning para a end zone, onde running back Knowshon Moreno anotou o seafety. Nesse jogo sombrio, Manning lançou apenas um passe de touchdown, ele também lançou duas interceptações uma delas foi retornada para um touchdown.

O Super Bowl  50

Até o ano de 2015, ele foi muito criticado por “amarelar”, mas essa expressão foi apagada de seu curriculum com o título do Super Bowl 50.

Em 7 de fevereiro de 2016, os Broncos derrotaram o Carolina Panthers 24-10 no Super Bowl 50, em um jogo muito defensivo, vencendo o MVP da temporada, Cam Newton. Manning terminou o jogo com a marca de 141 jardas, marcando seus pontos em jogo corrdio. Houve a interceptação quando ele conectou com Bennie Fowler para uma conversão de 2 pontos. Manning tornou-se nesse jogo o quarterback mais velho a jogar o Super Bowl. Também, como foi citado acima, foi o primeiro jogador a jogar e vencer o jogo Final por duas franquias deferentes.

Projeto CM6

Aposentadoria:

O quarterback anunciou a aposentadoria, e usou as seguintes palavras para se despedir dos fãs:

“Obrigado ao Indianapolis Colts e todos os fãs. Vocês não imaginam o quanto gostei dos anos lá. Gratidão é a palavra que vem à minha mente quando penso no Denver Broncos.Para todos os companheiros de Denver, obrigado pelo que vocês fizeram por esse velho quarterback”, agradeceu o jogador, durante a coletiva.

“Eu revero o futebol americano, amo o jogo. Então você não precisa me perguntar se vou sentir falta desse jogo. Absolutamente, eu vou”, continuou.

“Chegou a hora. Talvez eu arremesse bem, o timing é perfeito. Mas perdi um pouco da minha habilidade atlética”, analisou o ex-quarterback.

De qualquer forma, temos que agradecer o tributo dado por Manning ao futebol americano. Valeu, Manning. Por cada show que você deu. Você sempre será lembrado pela nossa memória!

É isso aí galera! Gostou? Dúvidas, críticas, elogios, TUDO será bem-vindo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s